17 de março de 2018

HOLANDA — integrantes do movimento LGBT agridem jovens católicos


Santiago Laia 


No país conhecido por ser o primeiro da União Europeia a legalizar o “casamento” homossexual, a empresa Suitsupply tem divulgado, durante anos, cartazes públicos com conteúdo explicitamente homossexual, ignorando totalmente a onda de protestos daqueles que consideram esses cartazes uma agressão à inocência das crianças e um atentado à instituição da família.

Criada em 2014 para defender a civilização cristã na Holanda, a Associação Civitas Christiana [fotos] realizou, no ultimo sábado, 11 de março, um protesto na cidade de Nijmegen (Holanda) contra os cartazes da Suitsupply.

Portando seus terços, voluntários da associação exibiam cartazes com as frases: “PARE Suitsupply” e “Casamento estabelecido por Deus = 1 Homem e 1 Mulher”.

Integrantes do movimento homossexual, insastifeitos com o protesto, reagiram com intimidação, insultos e agressões.

Veja [abaixo] o vídeo da agressão sofrida pelos jovens da Civitas Christiana.

Ajude-nos a divulga-lo ao máximo, para que seja conhecida a verdadeira face desses que, em nome da tolerância e do “casamento” homossexual, perseguem violentamente os que defendem a doutrina católica a respeito da família.

Um comentário:

Ignacio Porta disse...

La Señora de todos los Pueblos les ayude.